A Dieta no Tratamento da Obesidade

A Dieta no Tratamento da Obesidade

A Dieta no Tratamento da Obesidade

A Dieta no Tratamento da Obesidade

A Dieta no Tratamento da Obesidade

Qual o papel da dieta no tratamento da obesidade?

O primeiro objetivo em fazer dieta é evitar ganhar peso. O segundo objetivo é estabelecer uma perda de peso realista. O peso ideal corresponde a um IMC (Índice de Massa Corporal) de 20-25, algo difícil de alcançar para algumas pessoas. A taxa de sucesso é maior quando o objetivo proposto é perder entre 10%-15% do peso inicial invés de 20%-30% ou mais. É também importante referir que qualquer perda de peso numa pessoa obesa trará benefícios para a sua saúde.

Uma forma eficaz de perder peso é ingerir menos calorias. 0,5 quilogramas equivalem a 3500 calorias. Por outras palavras, terá de eliminar mais de 3500 calorias para perder meio quilograma. Consoante o biótipo e nível de atividade física a maioria dos adultos necessita de ingerir diariamente 1200-2800 para conseguir manter os níveis de energia necessários pelo nosso corpo.

Não comer a sobremesa de que tanto gosta, ajudará no caminho para perder aquele meio quilograma! Perder meio quilograma por semana é uma forma segura e razoável de perder peso. Quanto maior for o peso inicial da pessoa, mais rapidamente perderá peso. Isto porque por cada quilograma de peso corporal, são necessárias 22 calorias para manter esse peso. Assim uma pessoa que pese 100 quilogramas, ele ou ela terá de ingerir 2200 calorias diárias para manter o seu peso, enquanto uma pessoa que pese 60kg precisará de 1320 calorias. Se ambos fizerem uma dieta que restrinja a ingestão diária de calorias em 1200, a pessoa mais pesada perderá peso mais rápido. A idade também influencia a eliminação de calorias, o ritmo metabólico tende a diminuir com a idade, assim quanto mais velho for, mais difícil é perder peso.

Existe controvérsia na relação dos hidratos de carbono e perder de peso. Quando se restringe a ingestão de hidratos de carbono, há uma rápida perda de peso inicial nas primeiras duas semanas, mas esta perda de peso deve-se à perda de líquidos. Quando se volta a adicionar hidratos de carbono à dieta, normalmente ganha-se peso, pois recuperam-se os líquidos perdidos.

Princípios de uma dieta para alcançar e (mais importante) manter um peso saudável

Uma forma segura e eficaz a longo prazo para perder peso é manter uma dieta equilibrada e rica em alimentos nutritivos para assim evitar deficiências vitamínicas e outras doenças por malnutrição.

Coma mais alimentos ricos em “baixa densidade energética”. Alimentos de baixa densidade energética contêm poucas calorias por peso (menos calorias numa grande porção de comida). Exemplos de alimentos de baixa densidade energética: vegetais, frutas, carnes brancas, peixe, grãos e feijões. Por exemplo, ao comer um grande volume de aipo ou cenouras não está a ingerir muitas calorias.

Coma menos alimentos com “densidade energética”. Alimentos com densidade energética são ricos em gorduras e açúcares simples. Normalmente têm um grande valor calórico numa pequena porção de comida. Por exemplo, o governo dos Estados Unidos atualmente recomenda que uma dieta saudável deve conter menos de 30% de gorduras. A gordura contém duas vezes mais calorias por unidade de peso do que a proteína ou os hidratos de carbono. Exemplos de alimentos com maior densidade energética: carnes vermelhas, gema de ovo, fritos, comidas rápidas gordurosas/açucaradas, doces, bolos, manteiga e molhos de salada. Corte também nas comidas ricas em calorias, mas pouco nutritivas, como o álcool, bebidas brancas e em snacks embalados ricos em calorias.

Cerca de 55% das calorias da nossa dieta devem ser provenientes dos hidratos de carbono complexos. Coma mais hidratos de carbono complexos como arroz integral, pão de cereais, frutas e vegetais. Evite os hidratos de carbono simples como o açúcar, doces, donuts, bolos e muffins. Corte nas bebidas não light, pois estas possuem muitos hidratos de carbono simples e calorias. Os hidratos de carbono simples provocam uma libertação excessiva de insulina pelo pâncreas, esta insulina promove o crescimento de tecidos gordos.

Eduque-se e passe a ler os rótulos das embalagens dos alimentos para assim calcular o número de calorias e tamanho das porções.

Fale com o seu médico antes de começar um regime dietético. O médico poderá prescrever a quantidade diária de calorias indicada para a sua dieta.

A Dieta no Tratamento da Obesidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »